Blog da Física FHM

1 ano


22/11/2011


 
 

AVALIAÇÃO DE FÍSICA 1º ANO

De acordo com a figura abaixo respondas as questões 1,2 e 3.

1-O objeto que desliza sobre a mesa antes de deixar o plano tem os movimentos

_________________________________________

 

2-   Ao cair , o objeto realiza:

 

           a) Apenas um movimento horizontal, pois ele só vai para frente.

           b) O objeto adquire um movimento bidimensional

           c) Apenas vertical, pois o objeto cai.

           d) Um movimento unidimensional.

 

           3) sobre a figura acima a alternativa correta é:

             a) O objeto quando cai ele adquire um movimento acelerado

             b) O objeto ao deslizar sobre a mesa ele adquire um movimento bidimensional

             c) O objeto quando cai ele adquire um movimento bidimensional dependente.

             d) O objeto quando cai ele adquire um movimento unidimensional

 

4-      Defina a Lei da Inércia;

 

         5 - Um automóvel com velocidade constante dá uma volta  em uma praça circular de raio 60m,

sabendo que o mesmo durou 60 segundos para efetuar uma volta completa, calcule aproximadamente sua velocidade.

 

6- Um objeto livre de resistências é solto de uma altura de 20m, que dura 4 segunds para cair.

Podemos afirmar que esse objeto está no planeta terra ? JUSTIFIQUE SUA RESPOSTA.


7-  Pedro é um aluno muito malino, sempre que chega em sala de aula gosta de ficar empurrando as cadeiras.

Imagine que o piso da sala seja liso livre de possiveis resistência com a cadeira. Supondo que a cadeira tenha uma massa

de 2kg e que a força aplicada por Pedro seja de 9N, a aceleração adquirida pela cadeira foi de ?


Bom desempenho a todos !

Escrito por Vildemar Lavor às 19h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

26/08/2011


 
 

AVALIAÇÃO PARCIAL DE FÍSICA 1° ANO-TARDE

 

 

AVALIAÇÃO DE FÍSICA

 

1° ANO C

 1)    Para cada gráfico abaixo  indique qual representa um movimento retilíneo uniformemente acelerado (MRUA)

e movimento retilíneo uniformemente retardado (MRUR) .

2) Diferencie velocidade média de instantânea. 

 03-(ENEM) Em uma prova de 100 m rasos,

o desempenho típico de um corredor padrão é representado pelo gráfico a seguir:

     

 

Em que intervalo de tempo o corredor apresenta ACELERAÇÃO máxima?

a) Entre 0 e 1 segundo.          b) Entre 1 e 5 segundos.         

c) Entre 5 e 8 segundos.          d) Entre 8 e 11 segundos.         

e) Entre 9 e 15 segundos


4) Ainda de acordo com o gráfico  em qual intervalo de tempo apresenta uma aceleração

constante ?

5) Interprete o movimento de uma partícula que foi descrito no gráfico abaixo:

 

 

6)Um professor, após passar a um aluno uma questão que apresentava o gráfico

"aceleração x tempo" do movimento de um objeto, e pediu a este que construísse o gráfico

"posição x tempo" desse movimento.

A resposta dada pelo aluno foi o gráfico apresentado.

A resposta do aluno está correta? Justifique sua resposta.


7) (PUC-RJ-2009) O movimento de um objeto pode ser descrito pelo gráfico


velocidade versus tempo, apresentado na figura a seguir.

 

Podemos afirmar que:

a) a aceleração do objeto é 2,0 m/s2, e a distância percorrida em 5,0 s é 10,0 m.

b) a aceleração do objeto é 4,0 m/s2, e a distância percorrida em 5,0 s é 20,0 m.

c) a aceleração do objeto é 2,0 m/s2, e a distância percorrida em 5,0 s é 25,0 m.

d) a aceleração do objeto é 2,0 m/s2, e a distância percorrida em 5,0 s é 10,0 m.

e) a aceleração do objeto é 2,0 m/s2, e a distância percorrida em 5,0 s é 20,0 m

8) (PUC-PR-010)  A figura fornece a aceleração em função do tempo,


a(t), de um pequeno cachorro Chihuahua enquanto ele

persegue um pastor alemão ao longo de uma linha reta.

Marque a alternativa CORRETA.

 

a) No intervalo de tempo E, o Chihuahua move-se com velocidade constante. 

b) Nos intervalos de tempo C, E e G, o Chihuahua move-se com velocidade constante. 

c) O Chihuahua está parado no intervalo de tempo E. 

d) Nos intervalos de tempo B e D, a velocidade e o deslocamento do Chihuahua são necessariamente positivos. 

e) Entre os intervalos A e B, o Chihuahua inverte o sentido em que está correndo.

BOM DESEMPENHO!

 

 

Escrito por Vildemar Lavor às 10h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

22/06/2011


 
 AVALIAÇÃO 1° ANO

 

1) Um móvel percorre uma distancia de 1200 m em 4 min.

Qual a sua velocidade escalar media em m/s?

a) 300 m/s

b) 100 m/s

c) 50 m/s

d) 5 m/s

e) 1m/s

2) Suponha que um carro gaste 3 horas para percorrer a distância de 45 km.

Qual a velocidade média deste carro ?

 

a) 20 km/h

b) 15 km/ h

c) 10 km/h

d) 5 km/h

e) 50 km/h

 

3)

 

 Suponha que o carro acima percorra a pista com um intervalo de tempo de 98 segundos em uma volta,

Qual a velocidade média  em m/s de uma volta?

a) 50

b) 40

c) 35,5

d) 21, 78

e) 20, 01

 

veja a figura abaixo e responda as questões 4

  

a)exercicio_geometria.GIF (2258 bytes)


4) A área da figura "a" é:

a) 36 cm2

b) 58 cm2

c) 48 cm2

d) 90 cm2

e) 33 cm2


5) De acordo com a figura abaixo, podemos dizer que  o cubo comporta

aproximadamente:

 

a) 10 bolinhas

b) 100 bolinhas

c) 1000 bolinhas

d) 10000 bolinhas

e) 100000 bolinhas

 

BOM DESEMPENHO E ÓTIMAS FÉRIAS ! 

 

Escrito por Vildemar Lavor às 00h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

27/05/2011


 
 

AVALIAÇÃO PARCIAL (1º ANO)

1) A tabela abaixo representa o deslocamento e respectivo tempo de um automóvel que viajou

de uma cidade A para uma cidade B. De acordo com a tabela responda as alternativas:

S (km)

15

30

45

60

75

90

105

120

135

T (h)

1

2

3

4

5

6

7

8

9

a) A tabela acima representa um MU ?

b) Qual a velocidade média de acordo com a tabela?

c) De acordo com a tabela qual seria o instante de tempo a posição de 225 km ?

d) Qual a diferença entre instante de tempo e intervalo de tempo ?

e) De acordo com a tabela 

e) Qual a diferença entre posição e distância percorrida ?

f) De acordo com a tabela, em 15 horas de viajem o automóvel estaria em que posição ?

g) Esboçe o gráfico S x t


2) Veja cada caso abaixo e cite o tipo de proporção:


A) Viajando constantemente do Rio de Janeiro a São Paulo, Mônica fez alguns cálculos

e anotou o resultado numa tabela. Ela sabia que a velocidade pode ser calculada dividindo-se

a distância percorrida pelo tempo gasto na viagem (v = s/t). Considerando a distância entre essas duas

cidades como sendo 400 km, ela fez a seguinte tabela:

VELOCIDADE             TEMPO

50 km/h                       8h

60 km/h                   6h40min

80 km/h                       5h

100 km/h                     4h



B) Uma receita muito simples, e às vezes bastante necessária, é a do soro

caseiro, muito útil nos casos de desidratação.Observe a tabela:

QUANTIDADE DE SORO           ÁGUA (L)         SAL (colher de café)            AÇÚCAR (colher de café)

1 litro                                         1                             1                                               12

2 litros                                       2                             2                                               24

3 litros                                       3                             3                                               36

4 litros                                      4                              4                                               48


3) De acordo com a questão anterior responda:

a) A tabela A representa um MU ?

b) De acordo com a tabela B, 20 litros de soro precisaria de quantos litros de água ?

quantas colheres de açúcar ? quantas colheres de sal ?


4) Oa alunos do Laboratório Multidisciplinar de Ciências estão de posse de um bloco

contendo 4200 g de certo material que possui densidade 2,4g/cm³. Adicionando

800g do mesmo material ao bloco, de quanto o volume do bloco aumentará ?


LABORATÓRIO MULTIDISCIPLINAR DE CIÊNCIAS

De acordo com o mural "Ciências Já", qual a curiosidade mais semelhante

com a disciplina ?

BOM DESEMPENHO !  PROTEJA SEMPRE!

 

Escrito por Vildemar Lavor às 09h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

10/05/2011


 
 

razão e proporção na mecânica

Mais exemplos de proporção na Física

 

Veja a figura abaixo e respoda :

 

a) qual a proporção que se encontra a distancia ?

b) qual a proporção que se encontra  o intervalo de tempo?

c) qual a razão entre a distancia e o tempo de percurso?

d) quando eu calculo a razão entre a distancia e o tempo, o que eu encontro?

e) A razão de cada posição com seu respectico intervalo de tempo são constantes?

f) construa o gráfico posição versus tempo de acordo com a tabela.

Escrito por Vildemar Lavor às 16h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

27/04/2011


 
 

TERMO DESCONHECIDO DE UMA PROPORÇÃO

 

 

 

AULA: 29/04/11

DURAÇÃO: 1 AULA

CONHECIMENTO PRÉVIO: RAZÃO, PROPORÇÃO DIRETA E INVERSA

ESTRATÉGIA: USO DOS UQUINHAS, BLOG E APOSTILA PRIMEIRO APRENDER

DESENVOLVIMENTO:

 

Determinação do termo desconhecido de uma proporção

        Exemplos:

  • Determine o valor de x na proporção:

            propor12.gif (203 bytes)

            Solução:
            5 . x  =   8 . 15        (aplicando a propriedade fundamental)
            5 . x  =   120
            
propor13.gif (205 bytes)
            x   =  24

            Logo, o valor de x é 24.

 

  • Determine o valor de x na proporção:

            propor14.gif (415 bytes)

            Solução:
            5 . (x-3)  =   4 . (2x+1)        (aplicando a propriedade fundamental)
            5x - 15 =  8x + 4
            5x - 8x =  4 + 15
            -3x =  19
            3x =  -19
            x =   propor15.gif (165 bytes)

            Logo, o valor de x é propor15.gif (165 bytes).

 

  • Os números 5, 8, 35 e x formam, nessa ordem, uma proporção. Determine o valor de x.

          Solução:

            propor16.gif (204 bytes)              (aplicando a propriedade fundamental)

            5 . x  =  8 . 35
            5x = 280
            
propor17.gif (214 bytes)
            x = 56

            Logo, o valor de x é 56.

 

        Resolução de problemas envolvendo proporções

        Exemplo:

  • Numa salina, de cada metro cúbico (m3) de água salgada, são retirados 40 dm3 de sal.
  •  Para obtermos 2 m3de sal, quantos metros cúbicos de água salgada são necessários?

            Solução:

            A quantidade de sal retirada é proporcional ao volume de água salgada.
            Indicamos por x a quantidade de água salgada a ser determinada e armamos a proporção:

            propor18.gif (1006 bytes)

            Lembre-se que 40dm3 = 0,04m3.

            propor19.gif (342 bytes)             (aplicando a propriedade fundamental)

            1 . 2  =  0,04 . x
            0,04x = 2
            
propor20.gif (222 bytes)
            x = 50 m3

            Logo, são necessários 50 m3 de água salgada.

 

Referência: www.somatematica.com.br


 

 

 

Escrito por Vildemar Lavor às 22h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

22/02/2011


 
 

NOTAÇÃO EXPONENCIAL E ORDEM DE GRANDEZA

AULA 23/02/2011

Tenha Maior Percepção do Universo, Estude Física.Bem humorado

Notação Exponencial ou Notação Científica

Dependendo do fenômeno analisado, podemos trabalhar com números muito grandes ou muito pequenos. Por exemplo, à distância d da Terra à Lua é aproximadamente igual a 380 milhões de metros.

d = 380000000 m, enquanto o raio r de um átomo de hidrogênio é dado aproximadamente por: r= 0,00000000005 m

Para evitar tantos zeros, podemos usar as potências de 10. Assim, os valores de d e r podem ser escritos de outro modo:

7 zeros

d = 380000000 m = 38.107 m = (3,8.10) . 107 m = 3,8.108 m

r = 0,00000000005 m = 5m = 5 m = 5.10-11 m

11 casas após a vírgula 100000000000 1011, 11 zeros

No caso da distância d, obviamente, nós temos:

38.107 = 3,8.108, no entanto, os físicos preferem representar as medidas na forma de um número entre 1 e 10 multiplicado por uma potência de 10.

X.10n (onde 1 X 10)

Assim, entre 38.107 e 3,8.108, os físicos preferem 3,8.108. Esse modo de representar as medidas costuma ser chamada de notação exponencial ou notação científica.

A representação desses números na forma convencional torna-se difícil. O principal fator de dificuldade é a quantidade de zeros extremamente alta para a velocidade normal de leitura dos números.

Pode-se pensar que esses valores são pouco relevantes e de uso quase inexistente na vida cotidiana. Mas este pensamento é incorreto. Em áreas como a Física e a Química esses valores são frequentes. Por exemplo, a maior distância observável do universo mede cerca de 740 000 000 000 000 000 000 000 000 metros, e a massa de um próton é aproximadamente 0,00000000000000000000000000167 gramas.

Descrição: Um número escrito em notação científica segue o seguinte modelo:

X.10n . O número X é denominado coeficiente e n a ordem de grandeza.

Notação científica padronizada

A definição básica de notação científica permite uma infinidade de representações para cada valor. Mas a notação científica padronizada inclui uma restrição: o coeficiente deve ser maior ou igual a 1 e menor que 10. Desse modo cada número é representado de uma única maneira.

Como transformar ? Em dúvida

Para transformar um número qualquer para a notação científica padronizada devemos deslocar a vírgula obedecendo o príncípio de equlíbrio.

Vejamos o exemplo abaixo:

253 756,42

A notação científica padronizada exige que o coeficiente esteja entre 1 e 10. Nessa situação, o valor adequado seria 2,5375642 (observe que a sequência de algarismos é a mesma, somente foi alterada a posição da vírgula). Para o exponente, vale o princípio de equilíbrio: "Cada casa decimal que diminui o valor do coeficiente aumenta o expoente em uma unidade, e vice-versa".

Nesse caso, o expoente é 5.

Observe a transformação passo a passo:

253 756,42 = 25 375,642 101 = 2 537,5642 102 = 253,75642 103 = 25,375642 104 = 2,5375642 105

Um outro exemplo, com valor menor que 1:

0,0000000475 = 0,000000475 10-1 = 0,00000475 10-2 = 0,0000475 10-3 = 0,000475 10-4 = 0,00475 10-5 = 0,0475 10-6 = 0,475 10-7 = 4,75 10-8

Observação: Quando a vírgula é deslocada da direita para esquerda ( / ) o expoente aumenta (+). Quando o expoente é deslocado da esquerda para direita ( / ) o expoente diminui (-).

Notação Científica e as operações Matemáticas

Adição e subtração

Para somar dois números em notação científica, é necessário que o expoente seja o mesmo. Ou seja, um dos valores deve ser transformado para que seu expoente seja igual ao do outro. A transformação segue o mesmo princípio de equilíbrio. O resultado possivelmente não estará na forma padronizada, sendo convertido posteriormente.

Exemplos:

4,2 107 + 3,5 105 = 4,2 107 + 0,035 107 = 4,235 107

6,32 109 - 6,25 109 = 0,07 109 (não padronizado) = 7 107 (padronizado)

Observação: Nas operações de adição e subtração com potência de 10, quando a diferença entre os expoentes for maior que 3, o resultado da operação indicada é sempre dado como sendo o número que tiver maior expoente.

Multiplicação

Multiplicamos os coeficientess e somamos os expoentes de cada valor. O resultado possivelmente não será padronizado, mas pode ser convertido:

a.10n . b.10m = a.b . 10n.10m = a.b . 10n+m

Exemplos:

(6,5 108) . (3,2 105) = (6,5. 3,2) 108+5 = 20,8 1013 (não padronizado) = 2,08 1014 (convertido para a notação padronizada)

(4 106) (1,6 10-15) = (4 .1,6) 106+(-15) = 6,4 10-9 (já padronizado sem necessidade de conversão

Divisão

Dividimos os coeficientes e subtraímos os expoentes de cada valor. O resultado possivelmente não será padronizado, mas pode ser convertido:

a.10n = a . 10m = a .10 n-m

Exemplos:

(8 1017) / (2 109) = (8 /2) . 1017-9 = 4 .108 (padronizado)

(2,4 10-7) / (6,2 10-11) = (2,4 /6,2) . 10-7-(-11)  = 0,3871 104 (não padronizado) = 3,871 103 (padronizado)

Esportista exercitem, agora são vocês......Esportista

1- Passe para a notação exponencial (científica):

a) 529 =           f) 749.107 =

b) 7843 =         g) 59,47.10-9 =

c) 5971432 =    h) 0,38.104 =

d) 0,278 =         i) 0,7159.10-12 =

e) 0,5697 =        j) 358461.10-4 =

3- Sendo A = 3.108, B = 2.104, C = 4.10-4 e D = 6.10-3, determine o valor de X nas equações abaixo:

A) X = A + B + C

 B) X = A B

C) X = (D - C) . A

D) X = B2 + (A.C)

E) X = D2 + A

BOM DESEMPENHO A TODOS!Jóia

Escrito por villdemarlavor às 17h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

16/02/2011


 
 

ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS

Olá alunosRiso

A aula de hoje é de grande importancia para a Física. Então bastante atenção, uma vez que esse assunto é uma base, que vocês utilizarão durante todo o ensino médio!

Por exemplo, o comprimento de um fio vale 14269513 mm ou é da ordem de 1,43x107 mm. Note que se usaram apenas dois algarismos após a vírgula sendo que o último foi arredondado para “cima” uma vez que 1,4269 está mais próximo de 1,43 que de 1,42. A regra de arredondamento aqui proposta é a de arredondar o último dígito para “cima” caso o próximo dígito seja 5, mantedo-o caso contrário. Note que ao truncar e arredondar as casas decimais, perdemos muito da informação inicial, mas isso pode ser remediado usando quantos algarismos forem necessários depois da vírgula, como por exemplo, 1,4269513 x 107 mm reproduz o valor com toda a precisão inicial.

Denomina-se algarismo significativo o número de algarismos que compõe o valor de uma grandeza, excluindo eventuais os zeros à esquerda usados para acerto de unidades. Mas atenção: ZEROS À DIREITA SÃO SIGNIFICATIVOS. Na tabela a seguir um mesmo valor do raio de uma roda é escrito com diferente número de algarismos significativos.

raio (mm)
significativos
57,896
5
5,79x101
3
5,789600x101
7
0,6x102
1


Para a expressão da incerteza adaptaremos a convenção sugerida por Vuolo (1992).

Um outro exemplo é ilustrado a seguir: Suponha que se deseje medir o tamanho do besouro.

medindo um besouro com valor aproximado ao valor exato

Uma vez decidido o que caracteriza o tamanho do besouro, qual das alternativas abaixo melhor caracteriza a medida do tamanho do besouro?

a) Entre 0 e 1 cm
b) Entre 1 e 2 cm
c) Entre 1,5 e 1,6 cm
d) Entre 1,54 e 1,56 cm
e) Entre 1,546 e 1,547 cm

Acertou quem optou pela alternativa d). Isso porque, na leitura de uma escala, o algarismo significativo mais à direita de um número deve sempre ser o duvidoso (não esqueça: o algarismo duvidoso é significativo!). Resumindo: Qualquer medida por comparação entre um objeto e uma escala deve incluir além dos dígitos exatos (1,5 nesse caso) uma estimativa do dígito (duvidoso). Uma vez que a régua foi marcada em milímetros você deve estimar o comprimento fracionário (em décimos de mm) que melhor expressa a medida. Você pode não precisar se vale 1,54, 1,55 ou mesmo 1,56. Essa é a expressão da sua incerteza.

medida aproximada do diâmetro de uma moeda ao valor exato

Só para confirmar: Qual o diâmetro da moeda?

a) Entre 0 e 2 cm
b) Entre 1 e 2 cm
c) Entre 1,9 e 2,0 cm
d) Entre 1,92 e 1,94 cm
e) Entre 1,935 e 1,945 cm

No exemplo acima podemos afirmar que a metade da menor divisão é uma estimativa da nossa incerteza: portanto o diâmetro da moeda pode ser expresso como:

1,92 ± 0,05 cm
1,92(5) cm

Expressão da grandeza

 

- Usar a mesma potência de dez tanto para o valor da grandeza como para sua incerteza;

- O número de algarismos significativos da incerteza é dado pela regra 1.2.1. acima;

- O número de dígitos depois da vírgula na incerteza tem que ser o mesmo que no mensurando;

- A notação científica pode ser usada para melhor legibilidade.

Veja alguns exemplos abaixo. Note o casamento do número de casas decimais na incerteza e no valor do mensurando.

notação errada
notação correta
5,30 ± 0,0572
5,30 ± 0,06
124,5 ± 11
125 ± 11
0,0000200 ± 0,0000005
(200,0 ± 5,0)x10-7
(45 ± 2,6)x101
(45 ± 3) x 101

Bem, agora vamos reforçar nossos conhecimentos, fazendo as atividades do primeiro aprender pag 226 a 228. Bom desempenho a todos!

Escrito por villdemarlavor às 10h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

15/02/2011


 
 

AULA 21/02/2011

AULA 21/02/2011

Escrito por villdemarlavor às 17h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, IGUATU, ALENCAR, Homem

Histórico